Saxenda: Ajuda no combate à obesidade

O Saxenda é um medicamento injetável que ajuda a perder e a controlar o peso corporal. Podendo emagrecer até 10% do peso, quando associado a uma dieta saudável e prática de atividades físicas regulares.

O Saxenda é um medicamento injetável que possibilita a diminuição do apetite e a controlar o peso corporal, levando a pessoa a emagrecer até 10% do peso total, quando associado a uma dieta saudável e prática de exercício físico regular.

O princípio ativo deste remédio é o Liraglutida, é o mesmo que já era utilizado em alguns remédios para a diabetes como o Victoza. Esta substância age no hipotálamo nos centros que controlam a fome e a saciedade mas não atua no sistema nervoso central.

O Saxenda (liraglutide [origem rDNA] injeção) foi aprovado pelo FDA em 23 de Dezembro de 2014. Como uma opção de tratamento para controle de peso crônico, além de uma dieta reduzida em calorias e atividade física.

A droga é aprovada para uso em adultos com um índice de massa corporal (IMC) de 30 ou superior (obesidade). Ou adultos com um IMC de 27 ou maior (excesso de peso) que têm pelo menos uma condição relacionada com o peso. Tais como hipertensão arterial, tipo 2 diabetes, colesterol alto, ou (dislipidemia).

De acordo com especialistas do FDA o Saxenda, se usado responsavelmente em combinação com um estilo de vida saudável, que inclui uma dieta reduzida em calorias e exercício físico. Oferece uma opção de tratamento adicional para controle de peso crônico para as pessoas que são obesas. Ou que estão acima do peso e têm pelo menos uma doença relacionada com o peso.

O Saxenda é um péptideo-1 (GLP-1) agonista do receptor do tipo glucagon. E não deve ser usado em conjunto com qualquer outro fármaco pertencente a esta classe. Isso inclui o Victoza, que é indicado para tratamento da diabetes de tipo 2.

Apesar do Saxenda e Victoza possuírem o mesmo ingrediente ativo (a liraglutide) em diferentes doses (3 mg e 1,8 mg, respectivamente). O Saxenda não é indicado para o tratamento de diabetes de tipo 2. Como não foi estabelecida a segurança e eficácia para o tratamento de diabetes.

O Saxenda é produzido pelos laboratórios Novo Nordisk S/A, e pode ser comprado nas farmácias convencionais somente com receita.

Como usar

Para usar o Saxenda deve-se sempre seguir as orientações do médico, no entanto, na maioria dos casos o modo de uso deste medicamento consiste numa injeção diária de 3mg debaixo da pele do abdômen, coxa ou braço.

Quem pode utilizar

O Saxenda está indicado para o tratamento da:

  • Obesidade em adultos com IMC superior a 30 kg/m2 ou
  • Pessoas adultas com IMC superior a 27 kg/m2 com doenças associadas, como hipertensão arterial, diabetes tipo 2, dislipidemia ou colesterol alto.

O FDA está exigindo os seguintes estudos pós-comercialização para Saxenda:

💉 Ensaios clínicos para avaliar a dosagem, segurança e eficácia em pacientes pediátricos;

💉 Um estudo para avaliar os potenciais efeitos sobre o crescimento, maturação sexual, e o desenvolvimento do sistema nervoso central e função em ratos imaturos;

💉 Um registro de caso MTC de pelo menos 15 anos de duração para identificar qualquer aumento na incidência MTC relacionadas com Saxenda;

💉 Uma avaliação do risco potencial de câncer de mama com Saxenda em ensaios clínicos em curso.

Além disso, a segurança cardiovascular da liraglutida está sendo investigada num ensaio em andamento e os resultados cardiovasculares serão observados.

A FDA aprovou Saxenda com uma Avaliação e Mitigação de Risco Estratégia (REMS). Que consiste em um plano de comunicação para informar os profissionais de saúde sobre os riscos graves associados Saxenda.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais graves observados em pacientes tratados com o Saxenda incluem na lista pancreatite, doença da vesícula biliar, insuficiência renal, e pensamentos suicidas.

Ele também pode aumentar a frequência cardíaca. E deve ser interrompido em doentes que tenham um aumento constante na frequência cardíaca mesmo quando em repouso.

Em ensaios clínicos, os efeitos colaterais mais comuns que foram observados nos pacientes tratados com Saxenda foram: náuseas, diarreia, obstipação, vômitos, baixa de açúcar no sangue (hipoglicemia), e diminuição do apetite.

E quando parar de tomar, o peso volta?

Para qualquer remédio para perder peso e aceleração do metabolismo, a reposta para esta pergunta exige um pouco de moderação. A base de qualquer tratamento para perda de peso consiste em dieta para reduzir o ganho calórico e atividade física (para a aumentar o gasto energético).

Os medicamentos para perda de peso servem para auxiliar neste processo, ajudando no controle do apetite ou aumentando a saciedade. Dessa forma, o organismo recebe um apoio para realizar a redução de calorias necessária para a perda de peso.

Porém, se a base, que é a reeducação alimentar não é feita, a partir do momento em que a medicação é suspensa e voltamos a comer como antes, o peso volta a ser como antes. Funciona para o Liraglutide assim como para outros medicamentos para controle do peso.

Por mais que o Saxenda seja uma grande arma nesta luta contra a obesidade, é preciso entender que não se vence uma guerra com apenas uma arma. Se vence com uma estratégia correta: dieta correta, atividade física correta e medicamentos corretos para cada um de acordo com seu peso e suas necessidades, com avaliação médica, nutricional e esportivas adequadas.

Contra Indicações

O Saxenda está contraindicado para pacientes com histórico familiar de carcinoma medular da tireoide. Ou em pacientes com síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo 2.

Além disso, o Saxenda também não deve ser utilizado com remédios agonistas do receptor de GLP-1, como o Victoza.

Conheça outros remédios muito utilizados para tratar o excesso de peso:

Dieta Urgente – Perca até 3kg em 72 Horas

Inconscientemente, toda mulher sabe que é praticamente impossível em apenas 3 dias jogar fora tudo que foi acumulado ao longo dos anos com alguma Dieta Urgente.

Mas seus corações acreditam em milagres, por isso sempre tentam dietas populares de curto prazo antes de eventos importantes para ficarem  um pouco mais magras, ou entrar em um vestido favorito.

Lembre-se, se você precisa de uma dieta para perder peso rapidamente, não aposte que o resultado será duradouro. Quando você retornar a uma dieta normal, como a dieta paleo por exemplo, o peso perdido voltará para você. Mas a “beleza”, de um efeito temporário, essas dietas fornecem.

DIETA URGENTE

Tenha em mente que essa é uma dieta curta com um menu equilibrado são melhores do que outros. Normalmente, todas essas dietas – baixa caloria, ou seja, fazer fina, devido ao fato de que o corpo não recebe a quantidade necessária de alimentos e energia começa a quebrar as gorduras acumuladas anteriormente. No entanto, por 3-4 dias, este processo está apenas começando,  então você quase não tem chance de perceber que a gordura vai embora.

O menu é muito rápida dieta envolve o seguinte:

  1. Café da manhã: 1 laranja, uma xícara de chá, uma fatia de pão com queijo.
  2. Almoço: meio pacote de queijo cottage (cerca de 180g) de baixo teor de gordura.
  3. Jantar: salada de legumes.

Beber água e chá verde sem açúcar sem restrição para evitar a fome, se ela aparecer. Durante três dias, você pode perder até 3 kg.

DIETA RÁPIDA E RÍGIDA

Se você precisa de uma dieta urgentemente que lhe proporcionará perder peso tanto quanto possível por 2-3 dias, tente uma variante em que um monte de líquidos e pouco alimento.

  • Antes do café da manhã: um copo de água gelada;
  • Café da manhã: ovo e laranja;
  • Almoço: um copo de chá sem açúcar;
  • Antes do almoço: um copo de água;
  • Almoço: sopa vegetais vegetarianos (porção);
  • Almoço: um copo de kefir 1%;
  • Antes do jantar: um copo de água;
  • Jantar: salada de pepino e 1% de kefir;
  • Uma hora antes de dormir: 1-2 copos de água.

Total 2-3 dias em uma dieta tão rigorosa – e você pode facilmente perder alguns quilos extras antes do final de semana.

http://www.dicasperderpeso.com

Belviq – Saiba tudo sobre esse medicamento aprovado pela Anvisa!

Quatro anos depois de ser liberado nos Estados Unidos, a Anvisa,  aprovou o registro nacional do Belviq® (cloridrato de lorcaserina hemihidratado). Isso quer dizer que a partir de 2017 o remédio poderá ser adquirido no Brasil. Até então, alguns brasileiros que tomavam o remédio importavam o medicamento mesmo sem receitas médicas.

O Belviq® (cloridrato de lorcasserina hemihidratado) ficou famoso pois é indicado como adjuvante à dieta de redução de calorias e atividade física aumentada para o controle de peso crônico em pacientes adultos. Ou seja, ele é um remédio que ajuda na perda de peso.

O que fez o remédio ficar famoso foi o fato de ele ser um comprimido, inibidor de apetite, indicado para pessoas com índice de massa corporal (IMC) inicial de 30 kg/m² ou maior (obesos). Ou pacientes com sobrepeso com IMC maior ou igual a 27 kg/m², na presença de pelo menos uma comorbidade relacionada ao peso. Como hipertensão, dislipidemia, doença cardiovascular, diabetes tipo 2 controlado com agentes hipoglicemiantes orais, ou apneia do sono.

A obesidade é uma das doenças crônicas com maior prevalência mundial, é considerada uma desordem com múltiplas causas, e está associada a várias doenças, sendo importante fator de risco para o desenvolvimento de diabetes mellitus (DM).

O medicamento novo Belviq® (cloridrato de lorcasserina hemihidratado) será fabricado por Arena Pharmaceuticals – Suíça, e a detentora do registro do medicamento no Brasil é a empresa Eisai Laboratórios Ltda., localizada em São Paulo (SP).

A ABESO – Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Sídrome Metabólica, através dos seus profissionais pode abordar o assunto e dar orientações como o novo medicamento pode ajudar no tratamento da obesidade.

O que é Belviq® e como ele funciona?

Belviq é um medicamento comprimido (azul) que só deve ter tomado mediante prescrição médica. E que quando usado com dieta e exercício, pode ajudar na perda de excesso de peso.

Explicando de maneira simplista, o remédio trabalha “enganando”um receptor de fome no cérebro, ele ajuda a você se sentir saciado mais rápido.

Se eu tomar Belviq, vou perder peso?

Belviq atua diretamente no sistema nervoso central, agindo como um agonista. Um químico que se liga a um receptor, neste caso específico, o receptor 5-HT2c, uma das variações da hormona serotonina.

Ele é encarregado de fornecer saciedade para a pessoa, o que reduz o desejo de comer. Destacamos que, este medicamento é mais adequado para aquelas pessoas que comem compulsivamente, especialmente os alimentos calóricos.

E para ficar ainda melhor, também acelera o metabolismo basal. Isso, faz o corpo queimar mais gordura. Pois também é um poderoso termogênico, aumentando a temperatura corporal que resulta na decomposição das moléculas adiposas.

Resultados comprovados com Belviq 10 mg duas vezes por dia

Os feitos do Belviq foram clinicamente testado e comprovados em três ensaios clínicos envolvendo cerca de 8.000 pessoas.

Dúvidas Frequentes sobre Belviq

Posso comprar o Belviq online?

Não, o remédio precisa de acompanhamento e receita médica.

Quando o Belviq será disponibiiizado no mercado nacional?

Não, o remédio precisa de acompanhamento e prescrição médica.

Quais os efeitos colaterais do Belviq

Os efeitos colaterais do Belviq variam de pessoa para pessoa, mas já foram relatados: reações alérgicas, oscilações de humor, depressão, febres, aumento de frequência dos batimentos cardíacos, náuseas, desmaios, vomito, diarreia, sudorese, tremores, inchaços nas mãos e pés, boca seca. Por estes e outros “problemas” é fundamental o acompanhamento médico e possivelmente psicológico na adaptação ao medicamento.

Por que demorou tanto tempo para obter uma nova droga para perda de peso aprovada?

A história de pílulas dietéticas tem sido atormentado por problemas de segurança. Desde 1999, quando a última medicação de perda de peso, Xenical ( orlistat ), foi dada a luz verde, uma droga perda de peso, Meridia (sibutramina) foi retirado do mercado quando os usuários começaram a mostrar risco aumentado de problemas cardíacos. E outros dois , Belviq e Qnexa, foram rejeitadas pelo FDA sobre preocupações de segurança.

Manipular as vias de controle do peso do corpo pode ter conseqüências a longo prazo sobre o coração e outros sistemas metabólicos, de modo que os desenvolvedores de drogas têm uma barra alta para limpar para provar que seus compostos são seguros.

Quem não pode tomar Belviq

Gravidez: Não tomar Belviq se estiver grávida ou se planeja engravidar. O efeito do remédio não é comprovado em gestantes, além disso ele pode ser prejudicial á saúde do bebê (feto).

Pessoas com problemas depressivos ou psicológicos, problemas mentais, de memócia, cardíados, alérgicos, portadores da Síndrome de Serotonina não devem tomar o remédio sem informar o médio da sua condição. O remédio pode afetar pacientes com estes tipos de condição.

O que Diz a ABESO sobre o Belviq

Em publicacão de 2012, a Presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO), Dra. Rosana Radominski, explicou em que “a locarserina é um medicamento serotoninérgico que age no sistema nervoso central aumentando a saciedade.

Os estudos publicados até o momento mostram uma boa segurança em relação ao sistema cardiovascular e pulmonar. Problemas que justificaram a retirada da fenfluramina e da dexfenfluramina do mercado, anos atrás. Os efeitos adversos mais comuns foram cefaleia, fadiga, tonturas e eventos cognitivos”.

Sobre a eficácia do medicamento ela afirma que, “em termos de perda de peso, é menor do que a obtida com a sibutramina e o orlistate. Sendo a diferença de perda de peso de 3% entre os pacientes que usaram o medicamento e aqueles do grupo controle. Após um ano de tratamento, o que provavelmente justifica a alta taxa de desistência: maior que 40%.

A droga, portanto, tem efeito leve e não vai representar uma revolução no tratamento da obesidade, mas vai ser uma nova alternativa para um a população com pouquíssimas opções”.

A especialista prossegue: “A aprovação para a comercialização deste medicamento pelo FDA ocorre após de mais de 10 anos da última liberação de droga antiobesidade.

Os órgãos de Vigilância avaliam a segurança dos medicamentos para obesidade com um rigor muito maior do que o fazem para outras drogas. As exigências cada vez mais altas retardam a comercialização, desestimulam a indústria para o desenvolvimento de novos fármacos e deixam a população desassistida”, conclui.

Estudos Clínicos

O Belviq é uma das drogas experimentais para emagrecimento que teve aprovação após ter sido rejeitada em 2010 pela FDA. Depois que pesquisadores levantaram questionamentos sobre tumores que se desenvolveram em animais usados nos testes. Novas análises revelaram que o risco para os humanos é muito pequeno.

Acelerar Metabolismo -11 Regras para comer durante todo o dia

Dicas para acelerar metabolismo e descobrir que você provavelmente não precisa de cientistas para te dizer que seu metabolismo diminui com a idade. Mas eles estão estudando de qualquer maneira.

E estão chegando com uma pesquisa emocionante para ajudar a acelerar metabolismo novamente. A mulher em média ganha aproximadamente 700g por ano durante a sua vida adulta. O suficiente para acumular mais de 18 quilos por 50 anos.

Isso, se ela não combater a montanha-russa de hormônios, perda muscular e estresse que conspira para retardar sua queima de gordura. Mas o ganho de peso na meia-idade não é inevitável: quando você come alimentos para acelerar metabolismo e fazendo reeducação alimentar .

Assim você dormirá melhor, terá mais energia, se sentirá mais firme e notará que suas roupas estão mais frouxas em menos de duas semanas. Veja como:

1. COMA O SUFICIENTE

Você precisa cortar calorias para perder peso. Mas ao cortar muitas calorias pode afetar duplamente seu metabolismo. Quando você come menos do que você precisa para a função biológica básica (cerca de 1.200 calorias para a maioria das mulheres), seu corpo lança os freios em seu metabolismo.

Ele também começa a quebrar a preciosa, caloria queima de tecido muscular para a energia. Coma o suficiente para que você não fique com fome – um lanche de 150 calorias no meio da manhã e a tarde entre três refeições (cerca de 430 calorias cada) vai manter o seu metabolismo tinindo.

2. ACELERAR METABOLISMO LOGO PELA MANHÃ

Tomar o café da manhã inicia o funcionamento do metabolismo e mantém a energia alta durante todo o dia. Não é por acaso que as mulheres que ignoram esta refeição são 4 1/2 vezes mais propensos a ser obesos. Se nada mais, pegue um iogurte. Ou tente farinha de aveia feita com leite sem gordura e coberto com nozes para um impulso de proteína essencial. (Para mais ideias de café da manhã, veja Power Breakfast para Energia ).

3. BEBA CAFÉ OU O CHÁ

A cafeína é um estimulante para o sistema nervoso central, de modo que seus solavancos diários de café podem acelerar metabolismo de 5 a 8% – aproximadamente 98 a 174 calorias um o dia. Uma xícara de chá verde pode acelerar metabolismo aproximadamente 12%, de acordo com um estudo japonês. Os pesquisadores acreditam que as catequinas antioxidantes no chá fornecem o impulso.

4. COMBATA A GORDURA COM FIBRAS

Pesquisas mostram que algumas fibras podem aumentar sua queima de gordura em até 30%. Estudos descobrem que as mulheres que comem mais fibra em alimentos ganham menos peso ao longo do tempo. Apontar para cerca de 25 ga dia-a quantidade em cerca de três porções cada de frutas e legumes.

5. COMPRE A GARRAFA GRANDE

Pesquisadores alemães descobriram que beber 6 copos de água gelada por dia (2,0 L aproximadamente) pode elevar o metabolismo em repouso em cerca de 50 calorias por dia – o suficiente para perder 5 quilos por ano. O aumento pode vir do trabalho que toma para aquecer a água à temperatura de corpo.

6. COMA MAIS ALIMENTOS ORGÂNICOS

Pesquisadores canadenses relatam que os dieters com a maioria de Organoclorados (poluentes dos pesticidas, que são armazenados nas celulas de gordura) experimentam uma diminuição maior do que o normal no metabolismo enquanto perdem o peso, talvez porque as toxinas interferem no processo de queima de energia.

Outras pesquisas sugerem que os pesticidas podem desencadear ganho de peso. Escolha sempre orgânicos quando comprar frutas, legumes e verduras; As versões não-orgânicas tendem a ter os mais altos níveis de pesticidas.

7. SEMPRE INCLUA PROTEÍNA

Seu corpo precisa de proteínas para manter a massa muscular magra. Adicione uma porção, como 100g de carne magra, 2 colheres de nozes, ou 250ml de iogurte com baixo teor de gordura, para cada refeição e lanche. Pesquisas mostram que a proteína pode aumentar a queima de calorias pós-refeição em até 35%.

8. COMA ALIMENTOS RICOS EM FERRO

Comer alimentos ricos em ferro é essencial para transportar o oxigênio que seus músculos precisam queimar gordura. Até a menopausa, as mulheres perdem ferro mensalmente durante a menstruação. A menos que você reabasteça seus estoques, você corre o risco de baixa energia e um metabolismo flacidez. Marisco, carnes magras, feijão, cereais fortificados e espinafre são excelentes fontes.

9. OBTENHA MAIS VITAMINA D

Esta vitamina é essencial para a preservação da aceleração do metabolismo do tecido muscular. Infelizmente, os pesquisadores estimam que uma ínfima quantidade de 4% dos americanos com mais de 50 anos de idade recebem vitamina D suficiente através de sua dieta. Receba 90% do valor diário recomendado (400 UI) em uma porção de aproximadamente 350g de salmão. Outras boas fontes são: atum, camarão, tofu e ovos.

10. ESQUEÇA O SEGUNDO DRINK

Quando você toma uma bebida, queima menos gordura, e mais lentamente do que o habitual, porque o álcool é usado como combustível em vez disso. Bater o equivalente a cerca de dois martinis pode reduzir a capacidade de queima de gordura do seu corpo em até 73%.

11. BEBA LEITE

Existem evidências de que a deficiência de cálcio, que é comum em muitas mulheres, pode retardar o metabolismo. A pesquisa mostra que o consumo de cálcio através de alimentos lácteos, como leite sem gordura e iogurte com pouca gordura também pode reduzir a absorção de gordura de outros alimentos.

O que comer, quando na dieta de alto metabolismo
 MANHÃ
07:00 Comece o dia com iogurte e frutas para o café da manhã.
10:00 Sua manhã com chá verde ou café está cheia de antioxidantes.
TARDE
12:00 Uma salada no almoço dá-lhe uma dose saudável de fibra.
14:00 Beba um copo de água grande . Você precisa de pelo menos 6 deles por dia.
16:00 Uvas orgânicas fazer um lanche reforçado.
NOITE
19:00 Peixe ou frango pacotes na proteína para o jantar.
22:00 O leite faz um corpo bom. Tome um copo antes de dormir.
23:00 Bons sonhos!